Dourogás marcou presença no Seminário - “Gás natural: A solução de mobilidade na transição energética”

10 de dezembro de 2019

A GASNAM - Associação Ibérica de Gás Natural e Renovável para a Mobilidade, promoveu no final do mês passado, o seminário “Gás Natural: A solução de mobilidade na transição energética”.

O evento contou com quase duas dezenas de oradores, três painéis temáticos, trezentos participantes e com o encerramento a cargo do Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba.

A Dourogás teve o privilégio de participar nesta iniciativa que demonstrou o papel fundamental do gás natural na mudança do paradigma energético. Tal como afirmou Victor Cardial, delegado da GASNAM em Portugal, “o Gás Natural está preparado para ser um combustível que vai acompanhar todo o percurso da transição energética desde a situação atual até à descarbonização total da economia. É um combustível com custos de utilização mais baratos do que os combustíveis convencionais e apresenta a mesma autonomia, facilidade de utilização, desempenho e tempo de abastecimento”.

A GASNAM registou também com muita satisfação a afirmação do Secretário de Estado Adjunto e da Energia de que no Plano Nacional de Energia e Clima (PNEC), que será entregue em Bruxelas em breve, haverá uma intensificação da aposta no gás natural renovável, através do biometano e hidrogénio a partir de resíduos e biomassa. “A GASNAM já tinha apresentado na consulta pública sobre o PNEC a sua visão sobre a relevância da introdução na estratégia de descarbonização os gases renováveis e a criação de certificados de origem que possibilitassem uma transição suave. A constatação que a eletrificação total não é possível nem adequada e que o investimento em gases renováveis será apoiada pelo Governo vem de encontro às posições defendidas pela GASNAM há vários anos e torna clara a relevância do gás natural e das suas infraestruturas para uma energia mais sustentável e com baixas emissões já no curto prazo”, frisou Victor Cardial.

Este seminário teve como principais objetivos aumentar a visibilidade do Gás Natural na mobilidade urbana (passageiros / distribuição / serviços) e profissional (transporte mercadorias); sensibilizar as autoridades para a necessidade de manter e desenvolver o sistema atual de incentivos à aquisição de viaturas a Gás Natural (particulares e empresas); discutir a situação ao nível de apoios, de infraestruturas e de competitividade de diversos setores económicos no panorama do desenvolvimento do Gás Natural a nível ibérico e sensibilizar as empresas de transportes e logística para os benefícios económicos e operacionais das viaturas a Gás Natural.

Fonte: Revista Cargo